Arquivo

Archive for maio \30\UTC 2012

Meu adorável cafajeste. Por que eles despertam tanto desejo?

Por que cafajestes nos chamam tanto a atenção? Por que, mesmo estando fora de qualquer padrão racional, este tipo de personalidade ainda desperta nosso desejo? Por que não resistimos a estas figuras mesmo sabendo que estamos sendo enganados por eles? Perguntas que estão na moda no campo dos relacionamentos. Dúvidas que colocam em xeque o real poder da racionalidade nas decisões. E apesar de todo o discurso politicamente correto dos inteligentes e dos bons moços e moças, na prática, são eles, os cafajestes, que saem com a vantagem. E que vantagem.

Antes de tentar responder essa pergunta, recorri a algumas crônicas e reportagens sobre o assunto.  As crônicas, mesmo trazendo boas teorias, deixavam falhas. Normal. Quem teria a pretensão de fechar um dilema histórico em apenas um texto? No caso das reportagens, só o desejo das mulheres é abordado. E, eu? Bem, eu tenho a minha teoria. Leia mais…

O miojo, o sexo e a velocidade

Três minutos e está pronto. De fato o miojo mudou a dieta nutricional de uma geração com sede de velocidade. Velocidade para suprir a fome, que não pode esperar. Tudo precisa ser aqui e agora, amanhã demora muito para chegar. Vivemos como se estivéssemos à beira da morte: curta tudo porque amanhã você pode não estar mais aqui.

O sucesso da rapidez e saciedade do miojo talvez tenha levado a geração apressada a adotar este conceito também para o campo das relações. A fome sentimental apresenta-se tão implacável quanto à fome que incomoda o estômago. Para suprir esse anseio da alma, mais uma vez a velocidade foi utilizada como solução. Leia mais…

A carência que nos afasta

Desejo e medo. Duas palavras que cercam os atuais relacionamentos. Ao mesmo tempo em que desejamos – e somos carentes – lidamos com o medo constante do tropeço dos relacionamentos.

Pessoas carentes – e sim, você já foi uma delas – colocam o medo em uma escala superior ao do desejo. Cada passo parece ser decisivo, sem chance de erro. Ao entrar em um relacionamento sugam tudo de uma só vez. Leia mais…