Arquivo

Posts Tagged ‘mulheres’

Prazer, amante. Conheça-me!

O amantePrazer! Eu sou o pavor dos homens, a verdade inexorável para as mulheres. Em algum momento da sua vida, caro(a) leitor(a), eu vou aparecer. Isso tudo, claro, caso eu não esteja a habitando agora, quem sabe? Mesmo que eu não exista. Coexistirei na dúvida eterna. Vou consumir seu sono. Serei a mola mestre do seu estresse. Apesar de tudo, não se espante com a minha face horripilante. Salvo vidas, há quem diga.

Nunca me relacionei por muito tempo. Dois dedos de rotina e eu largo a xícara. Nasci para ser o outro. Sabe por quê? Odeio DR’s. Odeio planejar o Natal. Deus me livre em ter que almoçar na casa dos outros. Não tenho apetite para o prato principal da falsidade. Troco risos frouxos pelas suas lágrimas. Leia mais…

50 Tons de Cinza – 8 explicações para ‘elas continuam as mesmas’

50-tons-de-cinzaFenômeno mundial de vendas, a trilogia “50 Tons de Cinza” arrebatou mulheres por onde passou. Entre todos os fatores que podem explicar o sucesso de vendas – o tema sexo está entre eles -, um me parece inexorável: a identificação das mulheres com a Anastasia Steele, personagem central da trama. E é exatamente a partir desta constatação, que outra vem a reboque: apesar de pregar uma libertação feminina, o sucesso do livro e a identificação com Anastasia mostram que as mulheres continuam exatamente as mesmas, graças a Deus.

Para tentar provar isso, listo 8 motivos para chegar até esta conclusão:

Leia mais…

O que foi, amor? Nada não!

Ontem ele me perguntou se havia algo de estranho comigo. Respondi com o clássico: nada não! Mas será que ele não percebe o que há de errado? Pior. Ele acredita que de fato nada está acontecendo. Passivamente, ele aceitou a mentira.

Mas como assim nada não? As ligações constantes acabaram. Viraram protocolo. Não há mais o sentimento de preocupação após horas sem nos falarmos. Nem mesmo aquele simples toque para perguntar: você está precisando de mim? Talvez nosso amor tenha esfriado. Leia mais…

Eu quero os seus problemas!

Decerto, existem diferenças básicas entre as aspirações e preferências de homens e mulheres dentro de uma relação. Os sexos enxergam a relação de modos diferentes. Visão particular que faz com que cada parte assuma uma responsabilidade diferente, como o lado ocupado da cama.

Estas particularidades são criadas sempre de uma forma inconsciente, guiada pela natureza dos sexos. Apesar de ser lugar comum essa incompatibilidade de interesses, um quesito me parece ser diametralmente diferente para homens e mulheres: os problemas pessoais. Leia mais…

O não no lugar do sim. Para quê, mulheres?

março 25, 2012 1 comentário

Desde os tempos de pré-adolescente uma pergunta me intriga quase todos os dias: Por que as mulheres dizem não, quando querem dizer sim?

Ao longo do tempo fui escutando várias justificativas para o questionamento. Enquanto umas diziam que a mulher não pode ser fácil, outras argumentavam que isso valorizava a conquista. Bem, pode ser, mas eu não concordo com nenhuma delas. Leia mais…

O que nós (homens) admiramos em vocês (mulheres) que vocês não sabem

Dia Internacional da Mulher. Você certamente já leu alguns textos hoje enaltecendo e rasgando elogios ao sexo feminino. Algumas palavras soltas, alguns elogios gratuitos. Vamos, aqui, fazer diferente e expor alguns fatos e você, caro leitor, tire suas próprias conclusões.

Leia mais…

Quantas personalidades você tem?

dezembro 15, 2011 1 comentário

Todos os dias, milhões de livros e revistas faturam altas quantias tentando vender o que o cantor Leoni classifica como “a fórmula do amor” – Conquiste quem você quiser e nunca mais sofra sozinho – É verdade, confesso, a oferta é tentadora. Apesar de a resposta sempre ser negativa, todos nós já demos uma breve espiada nestes textos. E, em alguns casos, chegamos até colocar em prática alguma dessas táticas milagrosas. Em vão, né? Eu sei.

Nada disso funcionou porque nós não temos apenas uma personalidade. Para cada pessoa, cada relação, cada situação temos uma personalidade construída através de vários fatores. É claro que temos características que não mudam, mas que oscilam em cada situação. Leia mais…